Você está em: Home > Notícias > Últimas Notícias
Últimas Notícias

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Construção de Agenda da Inclusão e Cidadania é foco de eventos simultâneos realizados pela Secretaria

Durante os dias 06 e 10 de novembro, a capital paulista recebeu, no Hotel Maksoud Plaza, uma série de eventos com o tema central “Construindo a Agenda da Inclusão e Cidadania”. As discussões foram com base em assuntos importantes para o segmento das pessoas com deficiência, como tecnologia, reabilitação, direitos, saúde e comunicação. 

Realização da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, a série de palestras, fóruns, seminários e encontros simultâneos reuniu especialistas, profissionais, instituições de ensino e pesquisa, agências de fomento, organizações civis e governamentais e interessados em geral para troca de informações e debates sobre desafios e soluções voltados ao segmento, que soma 45,6 milhões no Brasil, segundo o Censo IBGE/2010. Também as pessoas com deficiência intelectual foram tema de Seminário na sede da Secretaria. 


 
I SEMINÁRIO DO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SOBRE AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA

Sob o tema “Educação, Saúde, Envelhecimento e Trabalho: Protagonismo e Inclusão Social”, o dia 06 de novembro foi marcado pelo Seminário organizado pela Comissão de Acompanhamento do “Programa Estadual de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual: São Paulo pela Igualdade de Direitos” (PEAPDI), formada por várias Secretarias estaduais e sociedade civil. O objetivo do Seminário foi de apresentar e debater temas pouco convencionais sobre pessoas com deficiência intelectual e Transtorno do Espectro Autista, como envelhecimento, direitos, educação e trabalho.

A Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Dra. Linamara Rizzo Battistella, recepcionou os participantes, na maioria formada por profissionais da área, como técnicos, terapeutas, representantes de instituições e estudantes. A secretária destacou a importância da discussão. “Quando nós falamos de todas as questões que envolvem a diversidade humana, certamente a deficiência intelectual é a mais emblemática, é a que faz com que nosso trabalho seja mais reconhecido”, destacou.


Dra. Linamara Battistella faz abertura do Seminário sobre Deficiência intelectual

Segundo a Secretária, a tecnologia é uma aliada na inclusão das pessoas com deficiência e, em especial, as que apresentam deficiência intelectual. “No mundo atual, a tecnologia se mistura com a nossa vida em todos os momentos e devemos imaginar de que maneira a tecnologia pode alcançar as pessoas com deficiência intelectual e transformá-las em cidadãos ativos, capazes de contribuir com a construção da riqueza em nosso país”. Clique aqui para ler a íntegra da cobertura do Seminário

I SIMPÓSIO LUTOS E LUTAS EM PROGRAMAS DE REABILITAÇÃO

O Simpósio Lutos e Lutas em Programas de Reabilitação é uma ação da Rede de Reabilitação Lucy Montoro e ocorreu na segunda-feira, 6 de novembro. O evento contou com diversas palestras, sob a coordenação da Diretora do Serviço de Psicologia e Inclusão e Apoio Social da Rede Lucy Montoro, Vera Lúcia Rodrigues Alves.
 
O ponto focal foi mostrar, por meio de diversos olhares de especialistas na área de psicologia, os processos de reabilitação para pessoas com deficiência. Direcionado para profissionais e alunos ligados à saúde e motivado pelo movimento Reabilitação 2030: Um Chamado à Ação, que visa conscientizar e abordar sobre a deficiência. Clique aqui para ler mais sobre o Simpósio. 
 
MESA REDONDA “ESTUDOS SOBRE A DEFICIÊNCIA”

Na segunda-feira, 06 de novembro, aconteceu a mesa redonda “Estudos Sobre a Deficiência”. A ação foi realizada pelo Memorial da Inclusão: Os caminhos da pessoa com deficiência, programa da Secretaria. A mesa, liderada por Márcio Bustamante da Costa, assessor do Memorial, foi composta por Hélio Fonseca, educador de intérprete de Libras e Libras Táteis, e mediada por Desirée Casale, educadora. Foram realizadas duas mesas de debate: “Ação Educativa no Memorial” e “Deficiência e arte – além da experiência estética”.

O ponto focal dos encontros foi a abordagem na educação inclusiva, por meio da troca de conhecimentos dos palestrantes. O Memorial da Inclusão tem função importante nesse processo. Leia mais sobre as mesas redondas


 
REABILITAÇÃO 2030: UM CHAMADO À AÇÃO

Entre os dias 7 e 10 de novembro, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), com o apoio da Rede de Reabilitação Lucy Montoro, realizou o evento “Reabilitação 2030: Um Chamado à Ação”, com a Reunião Regional de Lideranças em Reabilitação e a Reunião Regional sobre Pesquisa e Informação para a Reabilitação 2030, que busca garantir a integração da reabilitação nos sistemas de saúde até 2030.

O evento contou com a presença da Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Dra. Linamara Rizzo Battistella; de Alarcos Cieza, Coordenadora de Deficiência e Reabilitação da OMS; Devora Kestel, chefe de Unidade de Saúde Mental da OPAS; Antony Duttine, Assessor Regional; de representantes da Deficiência e Reabilitação da OPAS e dos países das Américas. Clique aqui para ler a íntegra



 
9º ENCONTRO DE TECNOLOGIA E INOVAÇÃO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA


Mesa de Abetura do 9º Encontro de Tecnologia e Inovação

O 9° Encontro de Tecnologia e Inovação para Pessoas com Deficiência aconteceu na terça-feira, 7 de novembro. Reunindo profissionais da área de pesquisa, empresas já conhecidas no mercado de trabalho e consultores, com o propósito de fomentar sobre os avanços, empecilhos e futuros caminhos tecnológicos para as pessoas com deficiência.
Clique e leia mais. 

ARTE NA TERAPIA OCUPACIONAL – 100 ANOS DA TERAPIA OCUPACIONAL

Dia 07 de novembro foi a vez da Rede de Reabilitação Lucy Montoro realizar o evento “Estado da Arte – 100 Anos de Terapia Ocupacional”. A Terapia Ocupacional se consolidou como profissão no início do século 20. O termo deve-se a um arquiteto americano, George Burton, que vivia em Nova York, onde as pessoas eram auxiliadas por meio da ocupação, pensando em readquirirem um sentido para a vida. Foi o início do conceito ocupação como agente promotor da saúde. Não existem relatos históricos sobre a Terapia Ocupacional anteriores a este período, mas há referências ao longo da história que demonstram a importância da ocupação como processo terapêutico. Clique aqui e leia mais

Em breve, leia também:
IV ENCONTRO ESTADUAL DE GESTORES DE COMUNICAÇÃO
IV FÓRUM GESTORES MUNICIPAIS DA ÁREA DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA
 

< anterior   

Perguntas Frequentes
Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo